spot_img
segunda-feira, agosto 8, 2022
spot_img

Bolsonaro bloqueou 176 perfis nas redes sociais, diz relatório da Human Rights Watch

Mais ou Menos
- Publicidade -spot_img
spot_img

O presidente Jair Bolsonaro está bloqueando quem o critica nas redes sociais, de acordo com informações da Human Rights Watch.

A organização não governamental (ONG) diz que identificou 176 contas bloqueadas, em sua maioria no Twitter, incluindo as de jornalistas, congressistas e influenciadores. Perfis de veículos de imprensa e de ONGs também estão na lista.

De acordo com a entidade, entre os perfis de influenciadores banidos estão contas com mais de 1 milhão de seguidores, e outros com apenas alguns. O número total de bloqueios, segundo a ONG, deve ser muito maior.

A Human Rights Watch disse que, por meio de pedidos de acesso à informação, solicitou o número de pessoas bloqueadas pelo presidente Bolsonaro no Twitter, Facebook e Instagram.

Em resposta à ONG, a Secretaria de Comunicação da Presidência negou a informação, argumentando que não gerencia essas contas.

Para a Human Rights Watch, a determinação de que contas de autoridades do governo em redes sociais são privadas não deveria depender de quem as gerencia, mas sim se são ou não usadas para compartilhar informações ou discutir assuntos de interesse público.

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias

Convenção histórica confirma Wilson Lima candidato a reeleição e demonstra união no palanque e nas ruas

  Manaus testemunhou uma convenção partidária histórica na noite de ontem (4), ao confirmar o nome do governador Wilson Lima...

Prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa, declara apoio à reeleição de Wilson Lima ao Governo do Amazonas

A noite desta quinta-feira (4) foi marcada pela convenção do União Brasil (UB) que oficializou a candidatura de Wilson...
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img