spot_img
quinta-feira, maio 19, 2022
spot_img

Novo Ensino Médio: Educadores da rede estadual recebem formação em Manaus

Mais ou Menos
- Publicidade -spot_img
spot_img

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto, por meio do Comitê de Implementação da Reforma do Ensino Médio e Currículo e do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), em colaboração com o Instituto Iungo, realiza, de 27 de agosto a 30 de setembro, a Formação “Nosso Ensino Médio”, voltada para professores, pedagogos e gestores que atuam nas escolas públicas estaduais de Ensino Médio de Manaus.

O programa “Nosso Ensino Médio” contempla as aprendizagens essenciais à implementação do Novo Ensino Médio, por meio de uma arquitetura curricular dinâmica, que proporcionará aos gestores, pedagogos e professores uma experiência similar à que os estudantes vivenciarão, no Novo Ensino Médio. Além disso, o curso possui jornadas pedagógicas, trilhas de aprendizagem autoinstrucional e momentos de estudos orientados.

As inscrições estão abertas e vão até o dia 22 de agosto, por meio do link: http://cepandigital.seduc.am.gov.br/inscricao/.

Programação – O curso iniciará com uma Jornada Pedagógica síncrona (ao vivo), que ocorrerá no dia 27 de agosto, às 9h, com transmissão pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam) e no canal Cepan, no YouTube. O início contará com a participação de Raimundo Barradas e representantes do Instituto Iungo, que apresentarão o programa de formação “Nosso Ensino Médio”.

Novo Ensino Médio – A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do Ensino Médio, ampliando o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para mil horas anuais (até 2022) e definindo uma nova organização curricular, mais flexível, que contemple uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

A mudança tem como objetivos garantir a oferta de educação de qualidade a todos os jovens brasileiros; e de aproximar as escolas à realidade e aos anseios dos estudantes de hoje; considerando as novas demandas e complexidades do mundo do trabalho e da vida em sociedade.

 

 

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias

Escola com seis salas custa acima de R$ 2,5 milhões em Manicoré

Manicoré/AM – A construção de uma escola com seis salas de aula no município vai gerar despesa em montante acima...

Ufam lança editais com vagas para professores substitutos em Manaus e interior

Manaus/AM - A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) publicou editais com vagas temporárias para professores substitutos em Manaus e...
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img