spot_img
quinta-feira, maio 19, 2022
spot_img

MP do Egito pede prorrogação da prisão de brasileiro que assediou muçulmana

Mais ou Menos
- Publicidade -spot_img
spot_img

O médico brasileiro Victor Sorrentino, que foi preso no país após publicar um vídeo em que aparece assediando uma muçulmana, teve a prisão preventiva solicitada pelo Ministério Público do Egito. A informação do pedido foi publicada na conta oficial do órgão no Twitter.

O MP pediu a prisão provisória do brasileiro, por quatro dias, enquanto aguarda as investigações. O post ressalta que o brasileiro é acusado de “agredir sexualmente uma garota egípcia” usando as redes sociais e, assim, teria violado “os princípios e valores da família e da sociedade egípcia” além de violar “a vida privada da vítima”.

O médico foi preso no último domingo (30), após o Ministério do Interior do Egito identificar o suspeito e a vítima. O vídeo, postado no Instagram do médico brasileiro viralizou e circulou no país, levando denúncias às autoridades locais. Nele, Sorretino faz comentários sexistas em português para a mulher, que o vendia papiro – folha de madeira usada para escrita no Egito Antigo.

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias

Escola com seis salas custa acima de R$ 2,5 milhões em Manicoré

Manicoré/AM – A construção de uma escola com seis salas de aula no município vai gerar despesa em montante acima...

Ufam lança editais com vagas para professores substitutos em Manaus e interior

Manaus/AM - A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) publicou editais com vagas temporárias para professores substitutos em Manaus e...
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img