spot_img
terça-feira, maio 17, 2022
spot_img

Anvisa aconselha ministério a não liberar vacina AstraZeneca para grávidas

Mais ou Menos
- Publicidade -spot_img
spot_img

Após o episódio de uma grávida que desenvolveu quadro de trombose após tomar a vacina AstraZeneca, a Anvisa solicita ao Ministério da Saúde que não libere a aplicação do imunizante nessas mulheres no país.

O efeito adverso é considerado muito raro e o caso da gestante ainda está em investigação para saber se, de fato, o trombo teria relação com a vacina.

A Anvisa, porém, prefere não arriscar e orienta o Ministério a seguir o que é indicado na bula da vacina. O órgão diz que apenas o médico da gestante é capaz de avaliar se os benefícios suplantam ou não o risco e por isso, a aplicação em massa não seria indicada.

O Governo ainda analisa o pedido. A formação de coágulos é citada na bula como um dos possíveis efeitos, mas apenas uma investigação sobre o histórico de saúde da paciente em questão é capaz de mostrar se o problema teria ou não sido causado pela dose do imunizante.

O Ministério da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro acompanham a investigação.

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias

Compra de materiais leva mais de R$ 2,7 milhões de Atalaia do Norte

Atalaia do Norte/AM – A compra de materiais de construção, hidráulicos e elétricos para conclusão de obras inacabadas vai onerar...

Prefeito anuncia incentivo de R$ 2 milhões para o Manaus FC

Manaus/AM - O prefeito David Almeida, anunciou nesta segunda-feira (16), um repasse de R$ 2 milhões para o Manaus...
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img